15 sugestões para os profissionais de Finanças sobreviverem no meio de uma crise

O mundo inteiro está em um modo de crise sem precedentes que nunca experimentamos antes. É pior que a mais grave crise financeira e, embora a Segunda Guerra Mundial tenha tido um impacto maior no mundo, isso é diferente e, em certa medida, pior.

Profissionais de finanças e contabilidade são duramente atingidos, como todo mundo. A doença não conhece fronteiras, seja você um primeiro ministro, bilionário ou um profissional de finanças. Ainda assim, podemos desempenhar um papel importante na mitigação do impacto da crise e em colocar nossas empresas em funcionamento novamente. Tudo depende de como lidamos com essa crise.

A ideia aqui é de compartilharmos nossos pensamentos sobre como melhor gerenciar e superar a crise, além de prosperar quando ela acabar.


É hora de arregaçar as mangas


Quando a crise chega, não há tempo para escolher o que você precisa fazer. Você deve fazer o máximo para preservar o valor da empresa, aproveitar novas oportunidades e começar a pensar em como fortalecer a empresa a longo prazo. Aqui está uma lista de dicas sobre o que você deve fazer agora para gerenciar melhor a crise.

1. Mantenha-se positivo, o que é difícil, com certeza! No entanto, assim que você deixa de lado seu pensamento positivo e começa a deixar passar muitos pensamentos negativos, sua capacidade de gerenciar a crise cai como uma pedra.

2. Esteja pronto para ajudar onde puder, pois pode não ser o seu trabalho normal. Ao mesmo tempo, outros na empresa podem estar lutando mais do que você e dar uma mãozinha pode fazer uma grande diferença!

3. Seja um modelo, mostrando que você está calmo sobre a situação e decisivo para agir quando necessário.

4. Avalie os planos de continuidade de negócios para ver se eles se encaixam com o objetivo na situação atual e se ajustam em qualquer lugar.

5. Crie um fórum diário para a tomada de decisões, já que suas rotinas e reuniões normais provavelmente são ruins, você deve encontrar maneiras rápidas de permanecer operacional.

6. Revise seu fluxo de caixa e liquidez para avaliar por quanto tempo você pode sobreviver. Em seguida, faça planos de como sobreviver por mais tempo cortando agora, por exemplo, funcionários que, devido à crise, não podem produzir nada.

7. Se você tem fundos de emergência para aproveitar agora, é hora de incluí-los em sua resposta a crises.
 
8. Revise sua estratégia de gerenciamento de riscos, embora possa ser tarde demais para uma resposta de curto prazo. Você ainda poderá fazer alterações hoje que preservarão o valor daqui a dois meses.
 
9. Revise as contas a receber e avalie a possibilidade de cobrança, pois muitos de seus clientes podem estar em risco de deixar de pagar e falir. Não apenas faça a avaliação, mas faça algumas ações ativas para entender sua situação e ver se há algo que você possa fazer para enfrentá-la também.

10. Revise todos os contratos existentes, tanto com fornecedores quanto com clientes, para ver como você pode compartilhar melhor o risco e levar todos vocês à crise em uma única peça.

11. Revise seus seguros para ver como você está coberto por perdas e outros impactos negativos.

12. Crie modelos e painéis que possam mostrar melhor a situação atual da empresa para fornecer aos líderes seniores as informações necessárias para tomar as decisões corretas.

13. Comece a trabalhar nas melhorias de processo que você adia há meses ou anos devido ao turbilhão diário. Você pode não ter uma oportunidade melhor que essa.

14. Procure novas oportunidades de mercado ou conversões de produtos, como físico para online. Alguns podem ver isso como tirar proveito da situação, mas fazem isso bem e isso não será um problema. Ao mesmo tempo, você está criando uma nova oferta de produtos a longo prazo.

15. Obter participação de mercado sempre que possível, por mais brutal que possa parecer em todas as crises, é também a sobrevivência dos mais fortes.


Quero agradecer a todos que contribuíram com suas dicas de gerenciamento de crises neste arquivo. Isso é algo que precisamos resolver juntos como comunidade e, se existe um momento em que você deveria adotar as melhores práticas, é agora!

Agradeço a leitura de todos, me coloco à disposição para seguirmos nesta conversa, sempre buscando soluções em tempos tão difíceis. A hora é de agir!

Vai passar e sairemos ainda mais fortes!
 
Consultor Márcio Lamanna 
Consultor em Finanças, filiado à ABCO - Associação Brasileira de Consultores
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.