Imprevisibilidade, muita atenção com esta variável

 


Imprevisibilidade, muita atenção com esta variável

É fato que grande parte do trabalho do empresário e empreendedor carrega um percentual de risco inerente ao negócio! Afinal de contas, as ações devem ser controladas, mas os resultados podem ser positivos ou negativos.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Talvez esse seja o maior desafio, ou em muitas ocasiões são o que fascina essa atividade! Ter o seu próprio negócio é exercitar dia a dia as habilidades de lidar com vitórias e derrotas. Opa, se existe toda essa “fragilidade”, quais são as vantagens em ter o seu próprio empreendimento? Posso afirmar que são muitas, o tema é tão encantador que merece um artigo exclusivo, prometo.
 
Para tratar sobre imprevisibilidades, é preciso entender a função do planejamento neste processo. É quase uma unanimidade que, realizar o planejamento de qualquer atividade é fundamental, isso serve para a vida e não somente para questões profissionais. Sabe-se, que sem planejamento o risco é muito maior, e quando se deixa espaço para o risco é muito provável que ele se apresente de forma dolorosa. Boa parte de qualquer planejamento é feito para se obter maior controle sobre as ações propostas e minimizar os riscos que porventura poderiam estar presentes. Certamente é impossível prever cem por cento dos riscos, e nesse momento é que surge uma variável perigosa, a imprevisibilidade. É muito comum, encontrar pessoas reclamando de fatos que aconteceram do nada, sem explicação, fora do normal, “era impossível isso acontecer”, enfim, muitas análises são realizadas após a ocorrência dessas imprevisibilidades, e dessa forma criamos novos controles para os fatos ocorridos.
 
A grande chave para minimizar essa variável é buscar o máximo de informações possíveis, são muitos canais e eles irão variar de acordo com o segmento de atuação. Alguns são básicos e devem ser considerados, livros, artigos, dados anteriores de empresas que já praticaram ações similares, pesquisa na internet, troca de informações com pessoas que tiveram experiencias semelhantes, brainstorming interno na busca de possíveis problemas, mitigar item a item, pesquisa prévia com a opinião dos clientes, entre outras. Segmentos que dependem de clima, sol, chuva, calor, frio, são muitas variáveis que juntas criam uma imprevisibilidade arriscada, o levantamento desses dados minimiza os riscos, dessa forma o melhor caminho é “gastar/investir” tempo na previsão de possíveis problemas.
 
É muito normal encontrar resultados negativos em projetos e ações, devido à falta de estudo dos possíveis problemas, confiando apenas nas variáveis positivas e lado emocional. Para questões profissionais, utilize todas as ferramentas disponíveis no mercado, converse e exponha seu ponto de vista, deixe que outros sinalize novas percepções, quanto maior o número de informações, menor será o possível problema. Não é por acaso que determinados seguimentos sutilizam processos muito bem definidos, pois, seguindo o plano, as regras, diretrizes, o sucesso se apresenta na sua grande maioria! O risco é inerente a função profissional e pessoal, a forma como você lida com ele, é que será o diferencial.
 
Treine, crie procedimentos, discuta, pesquise, considere problemas, crie situações de contorno, seja incansável na construção, essa energia “gasta”, será o primeiro passo para o sucesso! Não esqueça de monitorar os resultados, e ajustar os processos rapidamente, esse ciclo é vitorioso.

 

RENATO LOPES
Consultor e Palestrante. Associado ABCO.